11.7.08

Títulos

Há aqui na zona uma drogaria muito concorrida porque tem um pouco de tudo. Eu, como a maior parte dos meus vizinhos, sou cliente. Acontece que o dono, o senhor T., é quem abastece de vários produtos a minha escola. Depois de me ver lá várias vezes, o senhor T. somou dois mais dois e entendeu que eu sou professora. Vai daí, quando vou à sua loja, passou a chamar-me "sôtora" (diferente do "setora" dos alunos). Não sei como isso se pegou à merceearia da esquina e também lá passei a ser "sôtora", com um certo constrangimento da minha parte...

3 comentários:

Anónimo disse...

Parece-me que o senhor"T"também dá consultas vegetarianas!Inclusivé gosta de comer aquelas lindas pétalas de rosas que fazem bem a várias coisas;deve ser "sôtor"!!!

Anónimo disse...

A educação deixou de estar na moda mas continua a ser importante. Se é!
Bjs
Bom fim de samana:)

zeca gallo disse...

Bom, já em Coimbra dos outros tempos (não sei se agora também), os pequenos comerciantes intitulavam qualquer pessoa (mais ou menos "bem parecida") de Sr. Doutor, talvez mais para fidelizar o cliente do que reverenciá-lo desinteressadamente.

Espero sinceramente que o seu caso se enquadre na segunda intenção, concorrendo, assim, para que deixemos de ser um povo dado a bajulices interesseiras...

Desejo-lhe um BOM DOMINGO em companhia dos seus.