4.3.10

Lisboa


Ao passar hoje pelo Largo de S. Domingos, deparei com este monumento que não conhecia. Não foram só judeus que morreram no Largo de S. Domingos às mãos da Inquisição, irmãos nossos de tendência protestante também foram parar às fogueiras. Recordar o passado pode ser uma forma de evitar o futuro.

3 comentários:

Daniel disse...

O outro dizia que "recordar é viver..." mas mais do que isso é importante não esquecer exemplos de fé, coragem e intimidade com Deus,... mesmo perante a ameaça de morte física,... e morte de fogueira!

Carlão disse...

Não fazia ideia.

Rute disse...

Acho que este assunto é desconhecido ainda por muitos!Direi até,tem sido encoberto.Ainda bem que já tem honra de monumento,aquelas vítimas.