28.11.10

William Booth


Falámos hoje na igreja de William Booth, cidadão britânico que viveu na Inglaterra do séc. 19, onde conheceu a Cristo na sua juventude e se entregou a Ele. Tornou-se de imediato pregador. Ao mudar-se para Londres com a sua esposa Catherine, Booth ficou chocado com a pobreza e a miséria, morais e financeiras, dos seus habitantes. Começou a pregar e a ajudar todas aquelas pessoas. Foi assim que nasceu o Exército de Salvação, que viria a estender-se ao mundo inteiro.
Na sua última pregação, em Junho de 1912, Booth disse:

Enquanto as mulheres chorarem, como choram agora, eu lutarei;
Enquanto criancinhas passarem fome, como passam agora, eu lutarei;
Enquanto homens passarem pelas prisões, entrando e saindo, entrando e saindo,
Como eles o fazem agora, eu lutarei;
Enquanto há um bêbado remanescente,
Enquanto há uma pobre menina perdida nas ruas,
Enquanto restar uma alma que seja nas trevas, sem a luz de Deus - eu lutarei,
Eu lutarei até ao último instante.

3 comentários:

Maria disse...

Conheço a história de Booth e do Exército de Salvação onde tenho alguns amigos.

Infelizmente, os motivos pelos quais lutou, ainda existem; felizmente, ainda muitos se levantam para minimizar os conflitos sociais.

Um abraço.

Blog da Anabela Jardim disse...

Belas palavras! E tão atuais que parece até que ele está aqui compartilhando conosco das mazelas dessa vida.

Carol disse...

eu gostaria de ler um livro que fosse bem completo com a história dele mas não estou achando em português, gostaria de comprar, vocês sabem algum para me indicar?