17.3.12

Amizade

Há alguns anos, voltar a encontrar um amigo de longa data, mas perdido no tempo e no espaço era algo praticamente impossível, a não ser que a casualidade nos proporcionasse o reencontro. Hoje, através das ondas worldwideweb, tudo se torna possível.
Foi assim que ontem, ao folhear este meu blog, deparei com o comentário feito há anos (e que eu não tinha visto...) da J. F., antiga colega no saudoso Externato Acrópole. Vai daí, vou à procura dela no Facebook e logo a encontro! Email enviado, já conversámos as últimas décadas de viva voz! Só falta o encontro face a face para breve!

2 comentários:

Anabela Jardim disse...

É assim que se vive...

Arco Iris disse...

E o encontro face a face será certamente o final feliz