9.8.05

K. H.

Mais uma vez, apenas indico as iniciais. Mas quem o conhece, vai reconhecê-lo neste post.
Às vezes, uma voz de meiguice, outras vezes, voz de trovão. Quase sempre: a voz de Deus.

1 comentário:

Sara disse...

Eu diria sempre. O verdadeiro profeta!