28.12.05

Ainda no pós-natal

Continuo a roer os restos do Natal: os frutos secos são nesta fase muito apetecíveis. O bolo-rei prolonga-se mais do que seria suposto. E, de novo, constato que até ele se tornou politicamente correcto: já não há fava e brinde, nem vê-lo! Para que serve um bolo-rei sem fava nem brinde?

3 comentários:

JOINCANTO disse...

Proponho um brinde com passas...eheheh

nokinhas disse...

Para não nos engasgarmos. É de lei!

Ana Rute Cavaco disse...

mas olha que aqui apanhámos bolo rei com brinde, um enorme...parece que ditaram tamanhos maiores para se poder colocar (e pesado, deve ter inflaccionado o preço do bolo)