6.6.11

No rescaldo das eleições

Devo reiterar que toda a vida votei PS, umas vezes mais convictamente que outras, até o Sócrates me convencer veementemente que estava errada! Não deixo de ter uma certa pena pelo estado em que ele agora deixa o seu partido.
No entanto, ontem à noite entrevi alguns sorrisos entre o 'pessoal da pesada', quando Sócrates obviamente se demitiu. Cá para mim, a sua eleição por uma maioria tão arrebatadora no último congresso foi a única forma que os (tu)barões do PS tiveram para se livrarem dele de uma forma eficaz!

7 comentários:

Vilma disse...

Não gosto de falar e de comentar coisas sobre política.
Mas hoje li uma frase que achei interessante e que fixei:

"O socialismo dura até se acabar o dinheiro dos outros." - Margaret Thatcher

Dá que pensar! ;)

Beijinhos

Anónimo disse...

eu voto em conservadores......quanto mais conservador mrlhor.....o socialismo dá dá e dá.....

Filomena Pacheco da Ponte Silva disse...

Também votei muitas vezes no PS, acreditando na boa-fé daquela gente. Como nós, parece que muitos se afastaram... Esperemos que "isto", um dia, melhore, que as mentalidades mudem, que não se dê e não se gaste aquilo que não se tem e que, sobretudo, se responsabilize também os que recebem.

Viviana disse...

Querida Eunice

Olhe, cá para mim foi um enorme alívio aquele "senhor" ir-se embora.

Até me parece irreal que os portugueses lhe tenham dado mandatos.

Que loucura!

Um abraço

viviana

Nota:
Pela primeira vez o Jorge Leal não votou socialista.
Quem diria ?

Pai/avô C. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Avozinha disse...

Para Jorge Leal não votar 'socialista', tinha mesmo de ser o descalabro do PS...

AVOGI disse...

hum o eng socrates provoca ou provocou um desgosto em muita gente