13.9.05

Saloiice

O meu filho faz todos os esforços para me convencer da minha saloiice: ele é o sítio onde moro, ele é a profissão que exerço, ele é os livros que leio, os filmes que vejo, etc.
De facto, já estou quase convencida! Lembro-me, por exemplo, que já era bem saloia na minha juventude. Prova disso é que um dos nossos passatempos ao domingo à tarde era irmos ao velho Belsol, o único supermercado da Amadora e arredores. Só para passear a olhar para as prateleiras.
Mas o cúmulo da minha saloiice foi ter tido três filhos antes dos 30 anos!

7 comentários:

JOINCANTO disse...

Que muitos tivessem a saloiice d´Avózinha... E quanto ao filho que se amanhe aos seus Kierkegaard´s porque nem todos têm que ser psico-filósofos-existencialistas (sem ofensa para os psicos!)

Gosto muito de a ler!

Costinhas disse...

Se ter três filhos antes dos trinta é ser saloia então eu também gostava de o ser... já não vou a tempo... resta-me saloiar noutras coisas...

Vilma disse...

ehehehe... e anda uma mãe a parir filhos antes dos trintas para depois ouvir coisas destas! Ora essa...! ;)

Tiago Cavaco disse...

Viver na Amadora não é coisa de saloio. É vontade/castigo de Deus.

Sara disse...

lol

sararamos disse...

Alguém disse mal da Amadora??? Bem! Bem! O bairro da Boavista deve ser melhor!!! RSSSSS Ter filhos para depois ouvir estas barbaridades, oh por favor!LOLOLOL
Modera-te Tiago! Pensa, não digas!
Continua Nice! Não lhe ligues! ;)

Ester disse...

eheh!