11.2.09

Vantagem de estar doente...

... é conhecer o serviço de urgência do Centro de Saúde da residência. Isto porque, não podendo trabalhar, preciso do papelinho mágico: o atestado. Coisa que já nem me lembro de ter apresentado, graças a Deus!
O horário das urgências diz que é das 20h às 22h, mas o funcionário informa o marido pressuroso a investigar que é melhor ir mais cedo, porque se esgotam as senhas...
Chego às 18h10 e já sou a paciente nr. 18. Sei pelo número do ticket da maquinazinha lá ao fundo da sala de espera? Naaaaaaão, que essa não se pode usar! Cada pessoa que chega pergunta "Quem é o último?" e fica a saber apenas que o seu lugar é a seguir àquela pessoa. Se esta decidir desaparecer de pura exaustão, como aconteceu ao rapaz antes de mim, não se fica a saber quase nada... Esperamos as horas necessárias numa sala minúscula, colados uns aos outros, onde não há lugar para todos se sentarem. O funcionário vem distribuir as senhazinhas à mão 20 minutos antes da consulta. E aí, depois de alguma troca de opiniões sobre quem deve ter realmente o número quatro, lá se vai estabelecendo a ordem e eu fico a saber que sou o 18, ou melhor, o 17, já que o rapazito que me antecedia desapareceu de vez. Há gente que, depois de esperar meia hora, vai ter que ir embora, já não há senhas! Mandam-nos para o Hospital Amadora-Sintra e todos os olham com comiseração, incluindo os próprios funcionários...
Quando a funcionária chega para as inscrições e os 4 médicos se instalam, então sim, entra tudo sobre rodas. Sou atendida depois de uma espera de uma horita por uma médica espectacular que me atende bem e ainda tem tempo para trocar umas lamentações sobre o fim do relacionamento entre o Centro de Saúde e a minha Escola, que começava a dar frutos há pouco tempo.
Pode dizer-se que no que é importante fui muito bem atendida, mas no resto...
Ah e sim, já estou melhor.

4 comentários:

Maria disse...

Sem dúvida que ainda há muita coisa a melhorar no SNS...
As melhoras.
Um beijinho.

Jorginha disse...

Nice querida,

Ainda bem que tudo correu pelo melhor apesar das peripécias que relataste!
Desejamos-te rápidas melhoras.

Beijinhos

Vilma disse...

Desejo as suas rápidas melhoras!
Bjs.

Vanessa Gualberto disse...

Ainda bem que já esta melhor. beijinho