20.2.06

Caprichos


Era assim que chamávamos às Fotonovelas editadas em revista nos idos dos anos 60, a que a NM do passado dia 12 de Fevereiro se refere.
Descobri a sua existência ao entrar no liceu aos 10/11 anos. Eram a coqueluche das colegas de liceu, especialmente das que eram um pouco mais velhas.
Na voragem de ler tudo o que me vinha às mãos, consegui que de vez em quando me emprestassem um 'Capricho', que foi cumprindo a sua missão de me ilucidar acerca de amores e desamores.
Ao ler o artigo da NM, voltou à minha memória o velhinho liceu de Guimarães, os seus claustros, as muralhas, todo o ambiente de um liceu de província no início dos anos 60.

1 comentário:

Tânia disse...

Todos temos boas memórias de liceu, mesmo sendo anos mais tarde...