2.12.06

Padarias


(Padaria Caprichosa no Bairro Azul, Lisboa)

As velhas padarias como as conhecemos até há bem pouco tempo estão a desaparecer. Essa fotografada aí em cima já nem é bem representativa de uma padaria a sério. Pois que boa tradicional padaria vende sumos?
Quando falo em padaria, falo daquelas de balcão de mármore e calendário na parede, que abriam às 7 e fechavam às 13h45, para voltarem a abrir entre as 17h30 e as 18h45. Que fechavam ao domingo. Aquelas que só vendiam pão e nada mais. Como a da minha rua, que serviu de serviço informativo da zona a gerações de senhoras mais ou menos (des)ocupadas. Tendo adoecido a velha Padeira, foi sendo (mal) substituída por várias outras senhoras, que não aguentaram o impacto do bairro. Fechou. Ao que parece, definitivamente.
Resta-nos agora comprar o pão nos Hipers, nos Lugares ou nos Cafés. Mas o pão já não é o mesmo.

6 comentários:

Susy disse...

Onde eu moro nem conheço padaria alguma. Tenho a sorte que no café do prédio onde moro, vendem pão alentejano (a sério) às 3.ªas, 5.ªas e sáb.
Encomendo lá e pronto - é o melhor que se consegue arranjar...
é que se não encomendo, nunca consigo comprar pois recebem mt pouco e têm smp mts encomendas...
hehehe
Jinhos mt doces
Susy

Daniela Mann disse...

Lembro-me de uma que vendia uns pãezinhos maravilhosos. Era costune comprarmos 20 que nem chegavam ao almoço!!!
Em Caldas também havia uma leitaria, curiosamente numa tranversal do Bairro Azul!!! Outro Bairro Azul, onde os prédios são todos de azulejos com motivos em azul! Na altura que as garrafas de Ucal eram novidade eu estava lá sempre batida! Bons tempos...

hadassah disse...

Eu ainda tenho uma dessas padarias na vila onde moro, dicscreta e com a tal bancada de mármore (daquele cor-de-rosa...)e os mesmos horários de que fala. Que só vende mesmo pão, leite, broas e ferraduras de mel (feitas na casa). A questão é que, infelizmente, raramente chego a horas de a ver aberta ... quem me dera conseguir chegar a casa a horas de apanhar o meu comércio aberto!

Rute CS disse...

Fechou? A rua não vai mais ser a mesma...

sararamos disse...

Ainda me lembro de levar para a escola um bolo que comprava na padaria-rocha.

Adriana disse...

O que eu recordo com saudades é o cheiro dessas padarias...