27.4.07

O pardal


(Foto de Xtec.es)

O pardalito saltitou no passeio, afastando-se de mim e sacudindo as asas. Uma pena fora do sítio provocava certamente um certo mal-estar. Se eu pudesse, pegar-lhe-ia cuidadosamente e alisaria a pena esvoaçante. Mas não. Os pardais portugueses têm medo de humanos e, provavelmente, têm razões de sobra para isso.
Em tempos, num jardim em Viena, eu, o meu marido e um grupo amigos deslumbrámo-nos com os pardalitos que saltitavam junto de nós, à espera de apanhar as migalhas do nosso lanche. Não mostravam receio e quase nos pousavam no colo.
Porque será que os nossos pardais são tão esquivos?

3 comentários:

Vilma disse...

Não faço ideia!
Ontem um esbarrou comigo! Eheheheh
Tem um prémio para si no meu blogue! :

Professorinha disse...

Se calhar porque os jovens portugueses são agressivos com eles...

Beijinhos

Papoila disse...

É como em Londres, em que ficamos literalmente cobertos de pombos e pardais à espera das migalhas!
Foi uma coisa que me impressionou imenso, quando lá estive, por ser tão diferente de cá... estranho, não é?