8.6.08

Negro or black?

A propósito do meu post de ontem.
A minha geração habituou-se a falar eufemisticamente de "negros" e não de pretos. Eu também sempre assim o fiz. Até há dias, numa aula em que falava de multiculturalidade e logo de diferentes raças. Quando eu aludi aos "negros" no contexto da História dos Estados Unidos, um aluno de origem africana interpelou-me e disse:
"Setora, porque é diz "negros"? Nós somos é pretos!"

9 comentários:

Alecrim disse...

E qual é a diferença? A expressão "de cor" é que eu não entendo...

Susy disse...

Olá!
Parece que os alunos também têm algo a ensinar...
Voltei!
Estou em: http://pirataprincesa.blogspot.com/ e espero a tua visita.
Beijinhos
Susy

Ghernandes disse...

qual a diferenca boa pergunta nao sei até aonde isso influencia as pessoas mas amém.
Deus abençoe
www.thepescador.blogspot.com

Kella disse...

Se fosse há uns anos atrás ele diria exactamente o contrário; hoje, porém, e porque na América "nigger" é deveras insultuoso (a menos que usado por pessoas dessa mesma etnia), passou-se também cá a dizer preto e não negro.

Mu disse...

Concordo com a alecrim; quando ouço "de cor" dá-me logo vontade de perguntar: "Qual cor? Verde? Azul?"

Patricia disse...

Para mim é igual "ao litro" como se costuma dizer, desde que falemos de forma aberta e educada.

Nostálgica disse...

É engraçado que aqui na minha zona há alguns que quando ouvem alguém a dizer "o preto" ficam logo irritados...

não percebo, então.
um bjnho.

Alecrim disse...

É que, Nostálgica, não se deve falar de alguém como "o preto", porque a mim também não me chamam "a branca". Cada ser humano tem um nome próprio, pelo qual gostará de ser tratado, suponho eu.

Rute CS disse...

A kella disse o que eu ia dizer. É a influência da legendagem televisiva, que há anos atrás deveria ter feito a tradução pelo termo aceite na cultura portuguesa, em vez de traduzir "nigger" à letra por "negro".