9.6.05

Amadora

Amadora
É aqui que vivo há várias décadas. Antigamente, a Amadora era um dormitório. Agora, subiu de nível: passou a subúrbio. Sou, por isso, uma pessoa suburbana. Segundo o meu filho, há subúrbios muito melhores.
Diria antes que qulquer sítio pode ser bom para viver, se não fizermos depender o nosso bem-estar do ambiente exterior. Mas não exagerem! Há muitos sítios onde eu não gostaria nada de viver!
Acontece-me, sobretudo no estrangeiro, pensar: Eu era capaz de viver aqui.

4 comentários:

a mãe dos miúdos disse...

Oh, como compreendo essa sensaç
ao de "eu era capaz de viver aqui". Acontece-me sobretudo em lugares como a Amsterdão ou Brugges.

Mas o sítio onde vivo (bem diferente dessas outras terras europeias) tem uma grande vantagem: fica a 10 minutos de carro da praia. Se não houver filas, pois.

Anónimo disse...

Pois eu acho que um sitio para se viver depende muito do ambiente exterior e da vizinhança.

Jaime Fernandes disse...

Já aqui estive de passagem duas ou três vezes e encontro sempre alegria nas suas palavras. É bom conhecer uma “avozinha” feliz com a vida.

Quanto ao lugar onde se vive bem (tirando o dia de hoje), é em Pechão... onde eu vivo.

JOINCANTO disse...

Eu era capaz de viver aí, mas com vizinhos que não fossem "metaleiros"...ihihihihihihi