23.6.05

Graça

Fui ontem visitar a D. F., senhora da minha igreja. História singular: maltratada, espoliada, perseguida, afastada dos que mais ama, e no entanto que história fantástica, que serenidade, que reformulação de vida, que interesse pelos outros, que entrega! É a graça, meus amigos!

7 comentários:

Vilma disse...

:)... quando temos graça na alma, é como se o céu já estivesse em nós!

JOINCANTO disse...

Interessante! Gostei de ler.

a mãe dos miúdos disse...

não conheço mas o meu coração partiu-se. apesar da graça.

Sónia

framentosII disse...

Se é quem eu tou a pensar, não tenho essa ideia. Será possivel termos ideias opostas da mesma pessoa?

sararamos disse...

Só mesmo pela graça que algumas coisas acontecem.

rhhu disse...

E correu tudo bem ontem? Como é que está o H.? Estão no nosso pensamento.

Nuno Barreto disse...

Ainda há pessoas assim.