19.1.06

E agora?

Em quem vamos votar desta vez?
O Jerónimo é o nosso vizinho atencioso, mas engoliu a cassete. Nele não votamos.
O Garcia Pereira parece um bom cidadão, mas é do MRPP. Não votamos nele.
O Francisco Louçã é o nosso primo revolucionário, mas quer pôr os gays a adoptar as criancinhas. Não votamos nele.
O Alegre é um poeta de Abril, mas já não há pachorra. Não votamos nele.
O Soares é o nosso avozinho preferido, mas de momento não há vagas no lar da 3ª idade. Não votamos nele.
O Cavaco percebe muito de contas, mas raramente se engana e nunca tem dúvidas. Não votamos nele.
E agora?

7 comentários:

mariannegreen disse...

Vota-se na mesma. Em caso de dúvidas não apoiamos ninguém mas votamos. Em branco, porque não?

framentosII disse...

Se votarmos todos em branco o que é que pode acontecer? Apareceriam candidatos mais crediveis?

mariannegreen disse...

De certeza que a percentagem dos votos em branco será bastante reduzida. Se fosse relevante expressaria, quanto a mim, uma forma de contestação,

Era uma vez um Girassol disse...

Vamos lá e votamos no mal menor...!!!
Já tinha pensado voltar-lhes as costas...Mas não!
Abraço

Vilma disse...

Bem ... tem uma boa razão para votar no último... mas não digo aqui qual! :)))

sararamos disse...

Votem em mim!

AnaCristina disse...

Eu já decidi o meu voto há muito tempo e voto na última hipótese apesar de ter ideiais de esquerda...

Mas confesso que o meu voto esteve pra ser em branco... na sequência do "Ensaio sobre a Lucidez" de Saramago:; quem sabe não iria abanar a sociedade?

Um abraço