26.6.07

Faculdade

A Cultura Medieval também me deu muito trabalho na Faculdade. Era uma cadeira de 2º ano, cujo catedrático se reformou logo no início do ano. Era conhecido como só passando na oral as meninas que fossem vestidas de azul. E assim iam todas vestidas...
Não tive o prazer ou o desprazer de ter que me vestir de azul: tive que fazer a cadeira com a assistente, A.M.B. Das aulas dela, recordo bem a Ordem de S. Bento. Passámos o ano na pesquisa de umas cenas na Brotéria, que transcrevíamos para umas fichas compradas obrigatoriamente numa papelaria da rua do Ouro. Um trabalho que, para nós, não fazia sentido absolutamente nenhum, mas que deve ter-lhe servido que nem ginjas para o seu mestrado ou doutoramento ou fosse o que fosse.
No exame final, duas horas com uma única pergunta: "A iconografia gótica". (Ela nunca tinha falado em semelhante coisa!)
Ora eu não sabia bem o que era iconografia, e muito menos gótica! Enquanto os meus colegas iam desistindo um após o outro, ou entregavam a prova em branco, eu decidi pensar naquilo (pouco) que sabia sobre cada um dos termos e inventar. E fartei-me de escrever...
Devo ter sido das raras que escreveu qualquer coisa, por isso, fui das poucas admitidas à oral. E, até lá, tive tempo de pesquisar e aprender o que era a iconografia gótica. Na oral, perante o convite da professora "Quer redimir-se da escrita?", simplesmente desbobinei...

3 comentários:

Mila disse...

ora, ai está uma óptima professora...pede á aluna par se redimir.GOstei.

Passe lá na horta para ver os novos produtos, se quiser aceitar ....faça favor***

Rute CS disse...

Nesse tempo, cada professor universitário fazia o que queria. Apesar de ainda hoje ser um pouco assim...

Yôga - Amadora disse...

Parabéns pelo Blog

Deixo um convite a todos os que como eu, não querem stress nas suas vidas, praticando Yôga. Sinto-me com mais qualidade de vida :)

Abraços