9.11.05

Desta vez, a beleza!


Gosto muito de Norman Rockwell. Até tenho uma pequena reprodução deste quadro da escola numa parede cá de casa.
Muitos críticos consideram que Norman pintou uma sociedade que nunca existiu. Não concordo. Acho que ele pintou uma América da primeira metade do século XX, muito doméstica, muito genuína. Adoro.

1 comentário:

Ana Rute Cavaco disse...

sim,é mesmo bonito!